Evento em Jaci-Paraná é mais um marco da vinda da família Nakamura a Porto Velho

Valorização do turismo da pesca esportiva aliado a consiência ecológica foram a tônica das falas dos representantes do turismo em Rondônia

Com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do turismo da pesca esportiva, para criação de novas rotas e a promoção de destinos turísticos em Rondônia, o Conselho Empresarial de Turismo (Conetur), em parceria com o Governo do Estado de Rondônia (Setur), Prefeitura de Porto Velho (Semdestur), Sistema de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Sistema Fecomércio-RO/ Sesc/ Senac /IFPE, promoveram a vinda do Nelson Nakamura e Família a Porto Velho.

E no entardecer desta terça-feira (17) o Conetur reuniu empresários e amantes da pesca esportiva para um momento especial com Nelson Nakamura, que demonstrou técnicas e habilidades de arremesso com carretilha. Este momento aconteceu no flutuante Karipuna, do empresário Junior Cavalcante, que já se tornou um point de Jaci-Paraná na recepção e hospedagem aos amantes da prática esportiva.

Logo após foi oferecido um jantar aos convidados no Rancho Rio Jaci, do empreendedor Danilo Fernandes Lopes, parceiro do Conetur onde Nakamura pode agradecer aos parceiros, em especial a Santo Antônio Energia que permitiu a instalação do rancho às margens do lago da usina e falou sobre os momentos vivenciados nestes poucos dias em Porto Velho. Segundo ele é muito bom passar um pouco de sua experiência e do que aprendeu pescando pelo mundo. “o mundo vê a pesca esportiva como um grande negócio e Porto Velho está se desenvolvendo para seguir este caminho”.

O pescador ressaltou que o rio Madeira e seus afluentes, como o rio Jaci, é um aquário de diversidades de peixes e destacou que a pesca esportiva atrai o pescador pois aqui além da diversidade existe a quantidade. “Onde tem peixe em abundância vem pescador do outro lado do mundo, pois sabe que vai se divertir”.

Já o empresário da pesca e coordenador do Projeto Porto Velho Sport Fisching, Claudio Hikague, defendeu a bandeira do turismo, mas lembrou que “precisamos também defender a bandeira da preservação. Cada um precisa fazer sua parte e ter esta consciência ecológica de pescar e devolver o peixe a água para manter a espécie, a quantidade e a diversidade dos peixes em nossos rios. Assim, iremos ter turistas sempre” frisou.

Dentre os presentes ao momento estavam o diretor do Sebrae, Samuel Almeida; o gerente de comunicação do Sebrae, Dayan Saldanha; superintendente de Turismo do Estado, Gilvan Gilvan Pereira Junior; a secretária da Semdestur, Glayce Bezerra; o

vice-presidente do Conetur, Iris Fernando de Castro e Cileide de Macedo, assessora da presidência da Fecomércio-RO.